5 formas de posicionar o site da sua empresa entre os primeiros do Google

Não há dúvidas que o Marketing Digital tem sido a melhor forma encontrada pelas empresas para aumentarem suas vendas e também suas presenças no mercado.

É a forma mais fácil de encontrar consumidores de forma segmentada e a que requer o menor investimento possível.

E o Google é uma das principais mídias para aquisição de clientes. Costumamos dizer na Agência Webtrends que o Google é o maior balcão de necessidades do mundo, onde consumidores estão à procura de informação, produtos e serviços.

Mas para ter um site posicionando entre os primeiros do Google não basta ter algo online.

Existem várias estratégias que tem sido utilizadas por especialistas SEO para conquistar este ranqueamento.

Neste artigo iremos abordar 5 formas de posicionar o site de sua empresa.

Mas qual a essência de tudo isso e quais critérios do Google?

O Google preza em primeiro lugar pela qualidade para posicionar páginas nas buscas.

O termo mais utilizado em sua comunicação é garantir a experiência do usuário. E isso parece bem óbvio, pois as pessoas que fazem buscas no Google é a audiência da empresa e, ela só tem anunciantes porque tem audiência.

E tais critérios estão ligados a qualidade do site, do conteúdo e o tamanho da reputação da empresa no mercado online.

A vantagem de tudo isso é que sua empresa não precisa grande investimento para ter resultados. O Marketing Digital para pequenas empresas é sim viável e veremos mais ao longo deste artigo.

Vamos então as formas para conseguir este posicionamento:

1 – O Conteúdo é o centro de tudo

Não há boa experiência se o conteúdo é ruim ou incompleto.

Ter um conteúdo de qualidade é a base de tudo para um bom posicionamento nos resultados das buscas.

O Google possui um algoritmo que utiliza a inteligência artificial e é capaz de identificar quando um conteúdo tem qualidade e é completo ou não.

O aprendizado do algoritmo ocorre com os próprios conteúdos de seus concorrentes a respeito de determinado assunto.

Por exemplo: Se você esta escrevendo um conteúdo sobre churrasco e seu conteúdo não cita carvão, carne de vaca, grelha, espeto e termos deste tipo, obviamente que ele sabe que o conteúdo esta incompleto pois a maioria dos outros conteúdos sobre churrasco citam estes termos.

Então, não adianta fugir. Invista em um conteúdo de qualidade que fatalmente você terá muito mais chances de ter êxito.

2 – User Signals ou Sinais dos usuários

Não há ninguém melhor para avaliar a qualidade e a experiência que seu site provoca do que os próprios usuários que o visitam.

Essa é uma premissa importante e o Google tem como medir isso através de algumas métricas.

Uma delas é a taxa de rejeição de seu site. A taxa de rejeição nada mais é do que o percentual de pessoas que acessam suas páginas e saem sem navegar por mais nenhuma outra.

Altas taxas de rejeição indicam ao Google que seu site não está conseguindo prender os visitantes e isso esta associado a má qualidade.

Outro sinal de usuário importante é o CTR. O significado da sigla é Click Trought Rate e é a medida a taxa de cliques por cada pesquisa realizada.

Por exemplo, se 1000 pessoas pesquisam Imobiliária em São Paulo no Google e 730 clicam no primeiro resultado, logo este site possui um CTR de 73%.

Quanto maior for o CTR, maior é o indicativo para o Google que seu site chama a atenção de quem está realizando as pesquisas.

Outro indicador são os sinais sociais. Embora alguns especialistas em SEO contestem, o fato é que o Google tem à disposição a quantidade de curtidas, comentários e compartilhamentos que um conteúdo recebe nas principais redes sociais.

3 – Melhorando a Navegabilidade

Um fator que esta bastante associado a taxa de rejeição é a navegabilidade.

Seu site precisa ser fácil de encontrar qualquer informação que a pessoa precisa, com caixa de busca, categorização clara e links que apontam para conteúdos complementares dentro dos artigos.

Outro ponto importante da usabilidade é a qualidade visual do seu site. Quanto mais agradável ela for, melhor será para atrair e reter os visitantes.

Estas informações parecem óbvias, mas a verdade é que muitos dos sites ainda cometem erros primários que dificultam e muito a experiência do usuário, que é exatamente o que o Google mais combate.

4 – Link Building e exposição da marca

Esta é uma das mais antigas formas de posicionar um site e uma das que mais tem peso até os dias atuais.

O link building é basicamente a construção de ligações entre sua empresa e outras empresas, através de um link inserido dentro do conteúdo de uma página.

Basicamente é sua empresa buscar blogs, sites de notícias e outros sites que insiram um link para uma de suas páginas dentro do site do terceiro.

O Google entende que uma empresa que esta sendo referenciada por outra empresa, esta recebendo um “voto de confiança” e por isso ele da mais peso para ela.

Basicamente sua empresa precisa se tornar conhecida no meio digital, e a forma com que isso é medido são através dos links.

Mas esta prática esta cheia de riscos e também mitos.

Com o uso exagerado destas práticas e, em muitas casos, de forma automatizada por maus profissionais de SEO, o Google começou a anos atrás a penalizar empresas / sites que realizam estas práticas de forma artificial.

Logo é preciso ter cuidados. E como o Google não releva detalhes técnicos de suas operações, muitos mitos e receios surgem no mercado por conta dos “achismos” de alguns profissionais.

O fato é que sua empresa tomar alguns cuidados ao realizar link building.

5 – Os títulos

Esta sem dúvidas é a parte mais importante de uma página e esta diretamente relacionada com o CTR que ela irá obter.

As pessoas decidem abrir uma página ou não pelo seu título.

Páginas com títulos interessantes recebem muito mais visitas do que páginas com títulos ruins.

Por mais que uma página tenha um conteúdo extraordinário, as pessoas não irão abri-la se o título não for compatível com esta qualidade.

Por isso, caprichar nos títulos talvez seja a parte mais importante de qualquer conteúdo.

Estas são 5 formas poderosas para melhorar o posicionamento de qualquer site no Google. E você, como tem praticado?

Leave a Comment: